Destination of the Year 2022

Região Nordeste do Brasil

Localizado pouco abaixo da Linha do Equador, o Nordeste é a terceira maior região do Brasil, com área total de 1.561.177 km² e o maior número de Estados: Alagoas (AL); Bahia (BA); Ceará (CE); Maranhão (MA); Paraíba (PB); Pernambuco (PE); Piauí (PI); Rio Grande do Norte (RN) e Sergipe (SE).

Suas sub-regiões geográficas se dividem em: Zona da Mata (litoral); Agreste (transição); Sertão (semiárido) e Meio-Norte.

O Nordeste é extremamente bem dotado de belezas naturais, que não se limitam simplesmente às suas belas praias. Em função disso, é uma das regiões brasileiras com o maior potencial turístico, atividade que ajuda a movimentar e a dinamizar a economia local. Ao todo, registram-se centenas de pontos com potencial turístico envolvendo recursos naturais.

Região Nordeste do Brasil

Patrimônio Histórico

Foi na região Nordeste que começou a História do Brasil porque foi aí que chegaram os portugueses, em 1500, e por onde começou a colonização. Foi também onde se desenvolveram as principais atividades econômicas do período colonial e seus traços são visíveis especialmente em Salvador, São Luís e Olinda, consideradas Patrimônios Culturais da Humanidade. Outras cidades históricas: Marechal Deodoro e Penedo (AL); Salvador (BA); São Luís e Alcântara (MA); João Pessoa (PB) e Olinda (PE).

Patrimônio Histórico

Região Nordeste do Brasil

Praias

As praias nordestinas estão, sem dúvidas, entre as mais belas do Brasil. Possuindo uma ampla extensão litorânea, com 3.338 km de praias e uma média de 300 dias de sol por ano, se destacam também pela diversidade, e proporcionam opções desde as mais movimentadas e badaladas, até as mais remotas ou de difícil acesso e tranquilas, atendendo a todas as preferências. Praias mais conhecidas: Maragogi e Barra de São Miguel (AL); Porto Seguro, Trancoso, Morro de São Paulo, Boipeba, Marau, Caravelas, Sauípe (BA); Canoa Quebrada, Porto das Dunas, Iracema e Jericoacoara (CE); Porto de Galinhas, Praia dos Carneiros e Fernando de Noronha (PE); Pipa e Genipabu (RN).

Praias

Região Nordeste do Brasil

Turismo de Natureza

- Para o turismo de natureza há no Nordeste áreas privilegiadas, como a Chapada Diamantina (BA); Cânions do Xingó (SE). Chapada do Araripe e Serra do Baturité (CE); os Parques Nacionais de Sete Cidades, a Serra da Capivara e o Delta do Rio Parnaíba (PI); e os Lençóis Maranhenses (MA), internacionalmente conhecidos por suas belezas, diversidade biológica e crescente infraestrutura para o turista.

Turismo de Natureza

Região Nordeste do Brasil

O Nordeste é conhecido como uma das regiões brasileiras de cultura mais rica em história e singularidade. Nesse contexto se destacam:

Região Nordeste do Brasil

Gastronomia

A diversidade climática (tropical na costa e semiárido no interior) reflete na culinária nordestina. Do litoral de Pernambuco até o da Bahia, a presença africana se nota mais forte devido à herança deixada pelos escravos que viveram durante o ciclo da cana. Já em Alagoas, os frutos do mar são mais recorrentes devido às suas diversas lagoas costeiras. No Maranhão, a influência portuguesa é mais forte que nos demais estados da região, e o consumo de temperos picantes, muito comum no litoral, é menor. No sertão nordestino, o próprio clima favorece o consumo de carnes, sobretudo a carne-de-sol e os pratos feitos com raízes. A culinária das comemorações juninas é típica do interior. Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados, relacionados às festividades, é feita deste alimento: pamonha, curau, milho cozido, canjica, cuscuz, pipoca e bolo de milho.

Gastronomia

Região Nordeste do Brasil

Literatura de Cordel

A literatura de cordel é uma modalidade de poesia popular impressa e divulgada em folhetos ilustrados pelo processo de xilogravura. Ganhou este nome em Portugal porque seus livretos eram expostos ao publico amarrados em cordões, estendidos em pequenas lojas de mercados populares ou até mesmo nas ruas. Ela chegou ao Brasil no século 18 e, aos poucos, foi se tornando cada vez mais popular principalmente na região Nordeste. Ainda são vendidos em lonas ou malas estendidas em feiras populares. De custo baixo, geralmente estes pequenos livros são vendidos pelos próprios autores. São escritos em rima e os cordelistas recitam os versos de forma melodiosa e cadenciada, acompanhados de viola. Fazem grande sucesso em função do preço baixo, do tom humorístico de muitos deles e também por retratarem fatos da vida cotidiana da cidade ou da região.

Literatura de Cordel

Região Nordeste do Brasil

Festa Junina

Embora sejam comemoradas nos quatro cantos do Brasil, na região Nordeste as festas que homenageiam os três santos católicos - São João, São Pedro e Santo Antônio - ganham uma grande expressão por ter sido essa região o berço das festividades no Brasil. As comemorações nordestinas são consideradas as mais animadas do país e têm atraído cada vez mais turistas para desfrutar desse espetáculo que, para o nordestino, é mais importante do que as festividades natalinas. Por tudo isso - além de ser a terra do sol, da alegria e da hospitalidade repleta de maravilhas naturais - o Nordeste se destaca de maneira única pela riqueza da cultura visível no seu folclore, nascida da mistura entre culturas europeias, africanas e indígenas, fazendo com que seja, certamente, um dos mais especiais destinos turísticos do mundo.

Festa Junina